ICQ

Um assunto que eu sempre quis falar num blog foi esse. ICQ!!

Hoje usamos o MSN e muitos nem tem ideia (odeio escrever essa palavra sem acento, maldita reforma ortográfica!!!) do que esse programa foi e representou para a sociedade on line nos anos de 1996.

A sigla vem da pronuncia das letras da expressão em inglês "I seek you", que em português seria "eu procuro você". E justamente esse era, e continua sendo, o maior diferencial do ICQ em relação ao seu sucessor MSN. Era possível você procurar por usuários que tinham a ver com você. No MSN a Microsoft decidiu que isso era uma violação a privacidade e não disponibilizou essa ferramenta em seus programas.



Bom, podem falar o que for. Mas eu relutei muito em migrar do ICQ para o MSN, e só o fiz porque na época todos da minha lista de contatos estavam fazendo isso. Embora eu ainda ache que o MSN deixa muito a desejar se comparado ao ICQ, não há muito o que fazer. Curiosamente, o ICQ só não é mais tão utilizado no Brasil. No resto do mundo ele ainda continua firme e forte. É uma pena morar no Brasil nessas horas (nostalgia).

Mas vamos falar das curiosidades desse programa que marcou sua época e teve uma "morte" precoce aqui no Brasil.

Poucos sabem, mas o ICQ é uma criação de quatro israelenses e nunca saiu de sua versão beta. Apesar não levar mais o nome "beta" em suas versões, os criadores dizem que tem sempre em vista a melhoria e alteração de seus serviços. Tá... uma curiosidade extremamente inútil...

Quem viveu a era ICQ (bom, na verdade o certo é icq, com letras minúsculas, mas pra chamar a atenção, vamos deixar em caps mesmo) era muito mais fácil você adcionar alguém por um número do que decorar um e-mail. Era basicamente um número de celular. E naquela época, guardar números era a coisa mais fácil do mundo. Não sei porque hoje em dia é tão dificil de se fazer isso. Eu consigo lembrar o meu número de ICQ, mas frequentemente esqueço minhas senhas bancárias. Era 8122-6940. Vai me dizer que isso não é um número de celular??

Vale lembra da pergunta da época "qual seu UIN?". Talvez você esteja se perguntando "que porra é essa, manolo??". Bom, nos anos 90, ter um UIN era basicamente o mesmo que ter um RG no mundo real. Universal Internet Number. Todo mundo que usava o computador e tinha acesso a internet (discada novamente) tinha um UIN.

Voltando ao assunto. Na escola, de 1996 até a "morte" do ICQ, era muito comum pedir o UIN de alguém. Naquele tempo celular nem existia direito, e xavecar uma gatinha era na base do ICQ. Nem Orkut tinha na época. E aliado a isso, a tão famigerada internet discada que já falei em outro post. Bons tempos que não voltam...

Aos saudosos da época, vale lembrar o barulhinho de mensagem "oh-ohw". Cheguei a deixar esse som como toque de mensagem no celular durante um bom tempo. Era curioso, pois todos aqueles que viveram a era ICQ, pediam para passar esse som.

pra quem não se lembra, aqui vai:



No youtube dá pra pesquisar mais sons. Mas o mais clássico de todos é esse "oh-ohw" mesmo. Mas tinha o som de uma "buzina" de navio ou sei lá o que era quando conectava, tinha o "happy birthday" versão guitarra quando alguém fazia aniversário, e o clássico barulho que irritava todo mundo, menos aquele que estava teclando...

A porra da máquina de escrever, heueheue. Era muito comédia. Toda tecla que você batia fazia o som de uma máquina de escrever. A maioria tirava esse som, porque depois de um tempo irritava mesmo. Mas pra avacalhar com os outros, era mais que perfeito.

Ainda hoje, o ICQ da década de 90 faz e possui coisas que em 2010 o MSN ainda não fez ou possui. Por exemplo:

Mensagem para vários contatos: Se você for viajar ou quer avisar o local onde vai dar sua festa de aniversário, com o MSN só tem duas opções. Ou vai na raça e vai dando CTRL+C e CTRL+V ou manda um e-mail pra todos.

Convite para aplicativos: Uma outra ferramente que o MSN, em 2010 não tem, e o icq, em 1999 tinha. A opção de convidar um amigo pra jogar Quake (isso dá post) através do aplicativo. Não precisava procurar o amigo em uma sala, o ICQ colocava vocês no mesmo canto.

Chat: Tá tudo bem, o MSN tem isso. Mas também em 1999, o chat do icq dava um banho no MSN, pois permitia ver o que o amigo digitava, e antes mesmo de acabar a frase, você já sabia o que ele queria, e com isso a conversa ia muito mais rápido. E sem falar que não tinha essas frescuras de emoticons animados que ficam poluindo a tela (embora não seja o objetivo do blog, um dia eu falo da minha aversão aos emoticons do msn).

Transferência de arquivos: Sim, eu sei que o MSN também faz isso. Mas novamente voltando a internet discada. Na época em que o MSN surgiu era muito mais complicado enviar um arquivo por ele do que pelo ICQ. E tenho minhas desconfianças de que continua sendo...

Procura por interesses: Sei que já falei disso lá em cima, mas vamos detalhar. Imagina que nos auge dos seus 14/15 anos você queria achar uma garota linda, loira, de olhos azuis, que gostava de Dragon Ball, seu jogo favorito era Mortal Kombat e que além de tudo morasse na mesma cidade, e mais perfeito ainda, no seu bairro!!! Pois é, não com tantos exageros assim, mas com o ICQ isso era possível.

Com tantas vantagens assim, fica a pergunta: porque o ICQ "morreu" no Brasil??

Sinceramente não sei...

mas deixou saudades

Acesse nosso twitter: www.twitter.com/lembrodisso

2 Nostálgicos:

  1. NC disse...:

    Vai querer re-instaurar a era ICQ no Brasil é?

    Tb lembro meu UIN até hoje, mas difícil era achar alguém com internet naquela época, internet era coisa rara hehe

    Paquerar era só com gente muuuito longe, por que era difícil demais essas "gatinhas" que moravam perto terem sequer 1 computador.

    Mas tb sinto saudades do icq

  1. kirx disse...:

    Essa "era" do ICQ eu nao vivenciei muito
    na epoca eu assinava America Online xD e la tinha um programa q vc add as pessoas por la, logo veio o msn 4.0 no Windows e tudo ficou "mais lindo"

    mas eu me lembro muito bem do barulho da máquina de escrever, ou de quando meu pai acordava, pq eu esquecia que a caixa de som estava ligada e me conectava no icq haha " POOOOOOOH " tenso

Postar um comentário