Final Fight 3

Veja também , , ,

Quem pegou a briga entre Super Nintendo e Mega Drive foi presenteado com disputas entre ótimos jogos, a franquia de Final Fight saiu dos fliperamas com um beat'n up muito bom, onde você e seu amigo podiam escolher entre 3 lutadores de estilos variados e assim ir passando as fases do jogo. O primeiro Final Fight pra Super Nintendo teve como grande pecado a impossibilidade de jogar com 2 jogadores.

Voltando a briga entre Super Nintendo e Mega Drive, se o SNES tinha o Final Fight, o Mega Drive tinha Streets of Rage, com evoluções muito boas entre seus jogos, ja o segundo Final Fight era um tanto "meh", só mais do mesmo... e assim o Streets of Rage ficou ganhando por um tempo o titulo de melhor beat'n up. Mas então a Capcom lançou Final Fight 3.
Lançado em 1995, é um dos meus jogos preferidos nesse estilo, diria que pra perfeição faltou muito pouco. Os cenários são muito bem feitos, e existem 4 personagens para se escolher, com estilos bem diferentes entre si.

Temos o Haggar, prefeito da cidade, ex lutador que quando a cidade precisa vai ele mesmo resolver o problema. O mais forte e lento entre os 4.
Depois o Guy, treina ninjutso, é um lutador equilibrado, tendo como destaque a agilidade.
O Dean, o loiro topetudo que usa golpes elétricos, também equilibrado, mas com destaque para a força.
E temos a Lucia, inspetora policial com pernas bem torneadas, e é com elas que a Lucia arrasa com os inimigos. É a mais rápida e fraca entre os 4.

Nem preciso falar que o que eu mais gostava era o modo Cooperativo do jogo né?

Existia também a possibilidade de a CPU ser o segundo player, coisa que não recomendo, pois ele sempre atrapalha mais do que ajuda.

Algumas fases, se caso você quebrasse o ponto de ônibus, você não precisaria passar a fase seguinte num ônibus lutando contra inúmeros inimigos e chegar ao chefe. Outro destaque também foram as barras de SUPER, conforme você batia nos inimigos, elas enchiam e quando a palavra SUPER aparecia, seu personagem era capaz de dar um golpe arrasador no inimigo.

As músicas ajudavam a manter o clima da fase, os chefes eram em sua maioria enormes brutamontes, apesar de não ser um jogo difícil, em alguns chefes era impossível não perder nem um pouco de energia. Existem também algumas armas para se usar no jogo, sendo que alguns personagens usam elas melhor que outros (por exemplo o nunchaku nas mãos do Guy era um perigo).

No mais, fica registrado aqui um dos melhores e mais completos Beat'n Up existentes.


Se você se lembra, se gostou, se quer pedir pra falar sobre algo, comente!

Acesse nosso twitter: www.twitter.com/lembrodisso

3 Nostálgicos:

  1. Rafa disse...:

    Nossa cara... lembrou bem agora heim?

    Eu sempre preferi velocidade a força, e por causa disso eu gostava mais de jogar com a Lucia ou com o Guy.

    Um dos jogos que dava pra passar a tarde inteira jogando...

  1. kirx disse...:

    hehe nesta briga eu ficava no lado do Snes
    tinha um amigo que sempre ficava falando que Sonic era melhor do que Mario coitado rsrs

    Mas devo dizer que gosto bastante do Street of Rage 1 muito boa a trilha sonora, assim como os cenarios, aquele do navio com a cidade iluminada no fundo, que coisa linda. Depois o 2 e 3 ficaram muito "Restart" tudo muito colorido e surreal, tinha até Canguru. Otimo post este

  1. Anônimo disse...:

    muito bom o site e o jogo recomendo e laiaaaaaaaaaaa. rafael bovo

Postar um comentário